Recomendado para você

Façam uma visita na lojinha. Compra pelo PagSeguro (cartão de crédito).

Façam uma visita na lojinha. Compra pelo PagSeguro (cartão de crédito).
é só clicar na imagem

sexta-feira, 28 de março de 2014

Plano de Aula - O Valor das Partes (Geometria)


O valor das partes




Ilustração: Carlo Giovani Clique para ampliar

Objetivos 
Relacionar o todo com as partes e as partes entre si. 
Estabelecer vínculo entre o campo numérico e o geométrico, utilizando frações para medir e comparar superfícies. 

Conteúdo
Números racionais. 

Ano
5º.

Tempo estimado
Seis aulas. 

Material necessário
Um kit de fichas de cartolina (veja o desenho acima) para cada grupo. 

Desenvolvimento
1ª etapa
Forme grupos de quatro a seis alunos e dê a cada um deles um jogo de fichas de cartolina. Você pode trabalhar com apenas algumas peças ou agregar outras que representem frações mais complexas. Proponha: antes de iniciar uma longa viagem, uma pessoa tem uma cesta de provisões, representada pela peça R. Conforme o tempo passa, ela vai consumindo os mantimentos (o consumo é indicado pelas demais fichas). O que os alunos devem decidir é que parte do todo sobra quando se usam partes dele. Primeiramente, indique as fichas que você quer que eles utilizem, perguntando quanto resta se o viajante tiver comido o equivalente às fichas D e E e assim por diante. Promova diversas situações e dê tempo às crianças para que decidam e registrem as conclusões. Deixe claro que elas não devem escrever nas fichas, dobrá-las ou medi-las. É possível apenas compará-las. Em geral, os alunos usam três tipos de estratégia, todas válidas: sobrepor as peças para confrontá-las, relacionar as partes com o retângulo inteiro ou completar o retângulo ou parte dele com outras peças cujo valor é conhecido. 

2ª etapa
Para aprofundar os conhecimentos, lance algumas perguntas, fazendo com que a turma retome o material, e resolva as questões: 
- Quantas peças E são necessárias para obter o todo? 
- Quantas G para formar a L? 
- Que pedaços representam o dobro de M? 
- Há uma única parte que corresponda à metade de J? 
- Com que combinações obtenho a metade do retângulo? 
- Com quais posso obter três quartas partes do inteiro? 
- Que parte do todo obtenho ao reunir B, F, G e K? E se agregar outra peça K? 

Avaliação
Peça sempre aos grupos que justifiquem suas respostas. Ajude a turma a perceber, durante os trabalhos, que a mesma fração é representada de diferentes formas. Observe se, com o tempo, os alunos começam a estabelecer sozinhos relações entre as peças. Caso sinta que está havendo dificuldade, retome o exercício com as partes de mais fácil assimilação, como as metades e os terços.


Uma sugestão muito divertida e legal é apresentar os moldes, fornecer pedaços de cartolina colorida ou outro papel firme qualquer e deixar que eles criem seu próprio tangram:
 
 

 
Uma sugestão: Pedir que montem um quadrado, utilizando as peças embaralhadas do tangram.

 É uma idéia interessante sugerir que montem textos, utilizando o Tangram. Ou seja, os alunos criam um pequeno texto e algumas palavras do mesmo são substituídas por figuras montadas por eles com o tangram:
Proponha a produção de uma história coletiva com figuras montandas com as peças do Tangram. Na produção dessa história, as crianças devem pensar nos personagens, o lugar onde acontecem as situações, as ações dos personagens. Lembre as crianças que a história deve ter uma seguência lógica. As crianças sugerem ações que se passam no início da história, os conflitos enfrentados pelos personagens e a solução final, ou seja, como termina a história. Veja o  exemplo de  uma atividade:
 


[Letramento divertido_alfabetização_educação (11)[3].jpg]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, seja bem-vindo. Não saia sem antes comentar!

Obrigada por cada comentário! Leio a cada um deles!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Brava Cursos Online com certificado.

Divirta-se um pouquinho Professor (a) rsrs. Vista o bebê! É só arrastar os acessórios com o mouse!